A categoria de saúde é a terceira quem mais cresce em aplicativos

Fonte: Saúde Business – 30/03/2016

Por Débora Manzano

O site FLOAT Learning veiculou um infográfico com algumas informações bastante pertinentes a respeito do campo emergente que é Mobile Health. Os consumidores recebem cada vez maior assistência, das mais variadas profissões, a partir do seu celular, ele tem um personal trainer que ajuda na malhação até um médico que resolve as próprias questões relacionadas à saúde em um simples toque da tela touch screen.

Existem hoje mais ou menos dez mil aplicativos sobre saúde disponíveis na App store e Google store. E foi classificada como a terceira categoria que mais cresce em aplicativo. 80% dos médicos usam smartphone e aplicativos médicos, além disso 40% dos médicos acreditam que a tecnologia mobile reduz o número de visitas ao consultório.

Alguns exemplos de aplicativos mais conhecidos hoje são o IStethscope e o IHealthBPM, eles gravam e monitoram batimentos cardíacos e pressão sanguínea, respectivamente. Além de monitorar eles fazem um pequeno diagnóstico e compartilham os dados.

Veja também

Qual é a diferença da gripe comum para a H1N1? Fonte: Portal EBC Por Líria Jade e Fernanda Duarte O aumento do número de casos de gripe suína, um tipo de influenza causada pelo vírus H1N1, ve...
Entendendo a regulação prudencial no mercado de sa... Fonte: Caderno de Seguros - 21/01/2016 A operação em preço preestabelecido e o incentivo à descapitalização Por Cesar Serra A regulação prude...
Custear planos cada vez mais inviável para empres... Fonte: Portal Uol Por Paulo Sardinha A assistência médica subsidiada para funcionários e dependentes, um dos itens mais corriqueiros dos pacotes...