O consumo muda na crise

Fonte: Exame – 13/04/2016

Por TIAGO LETHBRIDGE – tlethbridge@abril.com.br | Com reportagem de Giuliana Napolitano e Maria Luíza Filgueiras

A prolongada – e bota prolongada nisso – crise econômica brasileira está transformando os hábitos dos consumidores.

Acostumados, por anos seguidos, a melhorar o padrão dos produtos que levavam para casa, os brasileiros estão indo agora em sentido contrário.

Segundo um levantamento da empresa de pesquisas Ipsos com 1200 entrevistados, 72% deles estão comprando produtos mais baratos e percebidos por eles mesmos como piores. O percentual é quase o mesmo nas classes AB, C e DE.

De acordo com o estudo, 91% dos brasileiros afirmam que estão comprando mais produtos em promoção e 87% dizem estar deixando de lado marcas famosas. O levantamento destrincha também as mudanças no consumo por categoria de produto.

Os consumidores estão diminuindo os gastos com produtos considerados supérfluos (89% dos entrevistados), roupas (85% deles), telefone celular (66%) e TV a cabo e internet (32%). Não é à toa que, ainda de acordo com a pesquisa da Ipsos, 94% dos brasileiros acham que o país está caminhando na direção errada.

Veja também

A longevidade é boa, mas é um problema Fonte: O Estado de S.Paulo - 23/07 Por: Antonio Penteado Mendonça A longevidade é uma conquista importante do ser humano moderno. Em 70 anos a e...
Judicialização na saúde suplementar Fonte: DCI - 01/04/2016 Esse cenário não é interessante para ninguém. Esse é um fenômeno que deve ser superado Pedro Ramos* A economia é a ci...
Medicina do trabalho pode reduzir custos com plano Fonte: Agência IN Por: Pamella Cajano Embora a ordem em tempos de crise seja cortar custos, não convém mexer no plano de saúde empresarial. Afin...