Paraná tem leve queda nos planos odontológicos

Fonte: Folha de Londrina – 12/03/2016

Por Luís Fernando Wiltemburg

Se os planos de saúde médico-hospitalares tiveram mau desempenho no ano passado, os planos voltados para atendimentos odontológicos registraram aumento de 3,76% na carteira de clientes. Em âmbito nacional, os planos odontológicos chegaram a 21,95 milhões em todo o Brasil em 2015, contra 21,15 milhões no ano anterior. Em âmbito nacional, os planos coletivos empresariais subiram de 15,7 milhões para mais de 16 milhões, e os individuais, de 3,56 milhões para quase 3,89 milhões. O Paraná, entretanto, registra movimento na contramão, com queda de 0,5% no número de beneficiários: são quase 6,4 mil beneficiários a menos, em um universo que caiu de 1,137 milhão em 2014 para pouco mais de 1,130 milhão.

O presidente do Sindicato Nacional das Empresas de Odontologia de Grupo (Sinog), Geraldo Almeida Lima, explica que o mercado de planos odontológicos nunca teve recuo, mas que o crescimento anual acima da cada dois dígitos registrado até 2011 caiu para média de 4% a 5% a partir de 2012. Ainda segundo ele, o resultado nacional de 2015, apesar de ser o menor dos últimos anos, ficou acima da expectativa. “Havíamos feito uma projeção de crescimento do número de beneficiários em torno de 3,5%, diante da estagnação da economia brasileira”, afirma.

No caso do Paraná, Lima credita o resultado negativo à exclusão de mais de 22 mil vagas de trabalho, de acordo com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) até outubro passado. “Os planos odontológicos são um benefício conquistado nas negociações trabalhistas e, no caso, da perda da carteira assinada, o trabalhador acaba perdendo esse benefício”, afirma, ressaltando a variação positiva de 7,66% nos planos individuais no Paraná.

Cerca de 11,3% da população brasileira é atendida por algum tipo de plano de saúde regulamentado pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) e a diferença em comparação aos planos médico-hospitalares é de cerca de 30 milhões de usuários – mercado visto como passível de crescimento pelo Sinog.

Veja também

Apesar da crise, mais brasileiros aderem planos de... Fonte: Blog do PCO - 19/11/2017 Por Paulo Cesar de Oliveira O número de pessoas com planos de saúde no Brasil cresceu em outubro, atingindo 47.3...
Mais de 20 mil ficam sem plano de saúde no ES Fonte: Folha de Vitória A atual crise financeira do país fez com que um maior número de capixabas abrisse mão do plano de saúde. De março do ano pa...
ANS cria regras para venda de planos on-line Fonte: O Globo - 13/11/2016 Resolução será publicada amanhã e garante direito de arrependimento a consumidor Por Luciana Casemiro O consumido...